???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/754
Tipo do documento: Dissertação
Título: "Quando é fé": uma análise em perspectiva construcional
Autor: Gonçalves, Evandro Fonseca 
Primeiro orientador: Galvão, Vânia Cristina Casseb
Primeiro membro da banca: Galvão, Vânia Cristina Casseb
Segundo membro da banca: Justino, Agameton Ramsés
Terceiro membro da banca: Barros, Déborah Magalhães de
Resumo: O objetivo desta pesquisa é estudar a microconstrução quando é fé, investigando sobre seus usos, analisando sua produtividade e funcionalidade sob as perspectivas da Linguística Funcional Centrada no Uso (LFCU) e da Gramática de Construções (GC). A LFCU entende que linguagem é formada por processos cognitivos, sociointeracionais e culturais. E concebe a língua como um sistema adaptativo complexo e estruturalmente fluida, ao estudar os fenômenos constitutivos da língua em uso. A GC reconhece como unidade básica da língua a construção (GOLDBERG 1995, 2006; CROFT 2001), definida como um pareamento de forma e de significado. Por sua vez, a língua é vista como uma rede de relações que se organiza no uso, e a constituição gramatical é entendida como um sistema de entidades que estão cognitivamente interconectadas, numa rede conceitual. Temos como aporte teórico entre autores estrangeiros Bybee (2010; 2015), Croft, (2001), Diewald (2002; 2006), Goldberg (1995;2006), Goldberg e Jackendoff (2004), Traugott; Trousdale, (2013), Tomasello, (1998;2003), entre outros. No Brasil, temos como base os estudos de Alonso e Cezario (2013),Bagno e Casseb-Galvão (2017), Furtado da Cunha et al (2013), Martelota (2011), entre outros. Os corpora selecionados para nossa pesquisa são o Corpus do Português, o Corpus Fala Goiana e uma amostra de dados não-sistematizada que consiste numa seleção de excertos com usos da microconstrução quando é fé, coletados em pesquisas no site de buscas Google, realizados pelo programa de composição de corpus BootCat. A hipótese central é que a microconstrução quando é fé apresenta produtividade na língua falada no Brasil como um todo (Português Brasileiro). Não se trata de um uso dialetal da fala goiana, na qual é muito recorrente. Tem funcionalidade no nível textual, atua na organização narrativa e indicia processo de mudança linguística. Esta pesquisa é sincrônica e envolve análises qualitativa e quantitativa de dados reais da língua em uso. As análises demonstraram que usos da microconstrução quando é fé apresentam-se em processos de mudança linguística e têm funcionalidade distinta em contextos específicos. Quando é fé atua como operador textual, auxiliando na macro-organização da narrativa e introduzindo o clímax narrativo.
Abstract: The aim of this research is to study the micro-construction when is faith, investigating its uses, analysing its productivity, functionality and how can be described in Usege-Based Theory (LFCU) and Constructions Grammar‘s (GC) perspectives. The LFCU understands that language is formed by cognitive, socio-interational and cultural processes, it conceives the language is a complex adaptive system and structurally fluid and studies the grammatical phenomenons of language in use. The GC recognizes as a basic unit of language the construction (GOLDBERG 1995, 2006; CROFT 2001), defined as a pairing of shape and meaning. In its turn, the language is seen as a network of relations which organize itself in use, and the gramatical constitution is understand as a system of entities which are cognitively connected, in a conceptual network. We have as a theoretical contribution among foreign authors Bybee (2010; 2015), Croft, (2001), Diewald (2002; 2006), Goldberg (1995;2006), Goldberg e Jackendoff (2004), Traugott; Trousdale, (2013), Tomasello, (1998; 2003), and others. In Brazil, we have as a base the studies of Alonso e Cezario (2013), Bagno e CassebGalvão (2017), Furtado da Cunha (2013), Martelota (2011), and others. The corpora selected to our research are the Corpus from Portuguese, the Corpus Goiana Speech and by a sample of datas non-schematized which consists in an excerpt selection with when is faith microconstruction uses, collected in researches made in Google website, done by composition program of corpus BootCat. The central hypothesys is that when is faith micro-construction presents productivity on spoken language in Brazil as a whole, in BP, it isn‘t about a dialectal use in ―goiana‖ speech which is very recurrent, it has functionality on its textual level, acts on narrative organization and indicts a linguistic change process. This research is synchronous and it involves qualitative and quantitative analysis from real data of the language in use. The analysis shows that when is faith micro-construction uses present themselves in linguistic changes processes and have distinct functionality in specific context. When is faith acts as a textual operator, assisting on macro-organization from narrative as a introducer of narrative climax.
Palavras-chave: Microconstrução - "quando é fé"
Mudança linguística
Construcional
Micro-construction - "quando é fé"
Linguistic change
Constructional
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade
Programa: Programa de Pós-Graduação Strito sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI)
Citação: GONÇALVES, Evandro Fonseca. "Quando é fé": uma análise em perspectiva construcional. 2019. 105 f. Dissertação (Mestrado em Língua, Literatura e Interculturalidade) – Câmpus Cora Coralina, Universidade Estadual de Goiás, Goiás, GO, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/754
Data de defesa: 9-Mar-2019
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Língua, Literatura e Interculturalidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EVANDRO_FONSECA_GONCALVES.pdfDissertação3,28 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.