???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/947
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação linguística crítica de aprendizes de inglês : problematizações e desestabilizações
Autor: Almeida, Ricardo Regis
Primeiro orientador: Silva, Barbra do Rosário Sabota
Primeiro membro da banca: Silva, Barbra do Rosário Sabota
Segundo membro da banca: Pereira, Ariovaldo Lopes
Terceiro membro da banca: Pessoa, Rosane Rocha
Resumo: Este estudo de natureza qualitativo-interpretativista tem por objetivo discutir os pressupostos filosóficos e epistemológicos da educação linguística crítica e investigar a possibilidade de realizá-la por meio da problematização de temas de cunho social e político, em um curso de extensão desenhado para este fim. Em termos mais específicos, este trabalho busca investigar como se deu o processo de educação linguística crítica dos/as participantes e do próprio pesquisador-mestrando durante o curso supracitado; identificar e discutir as percepções dos/as participantes sobre o seu processo de educação linguística crítica ao longo do curso; problematizar as intervenções dos/as participantes na escolha de temas, nas mediações dos encontros e nos momentos críticos durante o curso, promovidos tanto pelos/as colegas do curso como pelo pesquisador-mestrando. O material empírico do estudo foi gerado no último semestre de 2015, tendo como fontes de pesquisa um questionário de identificação, seis encontros gravados em áudio e vídeo, entrevistas, uma roda de conversa e as narrativas finais dos/as participantes. O contexto em que este estudo se desenvolveu foi um curso de extensão realizado na Universidade Estadual de Goiás, intitulado Speak up - Write down! Critical speaking and writing, e teve por objetivo oportunizar o debate, em inglês, de temas críticos que fossem relevantes para os/as participantes e que emergissem de suas sugestões. Para discutir as percepções dos/as participantes, utilizamos as contribuições teóricas da pedagogia crítica e de estudiosos/as que se propuseram a problematizá-la, das perspectivas críticas na educação linguística e da linguística aplicada (crítica) e de suas teorizações sobre questões de lingua[gem]. O nosso olhar lançado sobre o material empírico aponta que os/as participantes tiveram a oportunidade de discutir temas próximos de suas realidades, o que contribuiu para que eles/elas se engajassem e se tornassem agentes em seu processo de educação linguística crítica. Ademais, os debates também permitiram que o próprio pesquisador-mestrando atuasse em sua educação linguística crítica e tivesse o seu regime de verdades tensionado e movimentado para outras possibilidades de interpretação dos temas abordados. Desse modo, as problematizações dos temas sugeridos pelos/as participantes contribuíram para que eles/as e o próprio pesquisador-mestrando percebessem a diversidade de posicionamentos sobre os mais variados assuntos, sem, contudo, subestimar o valor e a singularidade da opinião de cada um/uma dos/as colegas, pois foram essas opiniões que permitiram a eles/elas (re)pensarem as suas atitudes no mundo, com o mundo e com eles/elas mesmos/as.
Abstract: This qualitative-interpretative study discusses the philosophical and epistemological assumptions of critical language education and investigates the possibility of performing it through the problematization of social and political themes in an extension course designed for this purpose. In more specific terms, it investigates how the process of the participants’ and of the researcher’s critical language education took place during the course; identifies and discusses the participants' perceptions of their critical language education process throughout the course; problematizes the participants’ interventions in the choice of themes, in the mediations, and in the critical moments which occurred during the course. The empirical material of this study was gathered in the last semester of 2015, by means of an identification questionnaire, audio and video recordings of six ‘meetings’, interviews, a ‘roda de conversa’, and the participants’ final narratives. The research field was an extension course held at Universidade Estadual de Goiás, titled Speak up - Write down! Critical speaking and writing, which aimed at discussing critical themes that were relevant and emerged from the participants’ suggestions. In order to discuss the participants' perceptions about the course, we used theoretical reflections of critical pedagogy and of those who problematize it, of critical perspectives in language education, and of (critical) applied linguistics. After problematizing the empirical material, we realized that the participants had the opportunity to discuss themes that meant something to them, which, in our view, contributed to their agency and commitment to their critical language education process. In addition, the debates also allowed the researcher to take part in his critical language education and have his regime of truths strained and moved to other possibilities of interpretation of the topics addressed. We understand, therefore, that the problematization of themes suggested by the participants allowed them as well as the researcher to perceive the diversity of positions on the most varied subjects. To finish with, we believe these discussions were responsible for estimating the value and singularity of each participant’s opinion, once these opinions allowed them and the researcher to (re)consider their attitudes in the world, with the world and with themselves.
Palavras-chave: Educação linguística crítica
Aprendizes de inglês
Curso de extensão
Problematização de temas
Critical languages education
English students
Extension course
Problematization of themes
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
LETRAS::LINGUAS CLASSICAS
LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias
Programa: Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (PPG-IELT)
Citação: ALMEIDA, Ricardo Regis. Educação linguística crítica de aprendizes de inglês : problematizações e desestabilizações. 2017. 144 f. Dissertação( Mestrado Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias) - Universidade Estadual de Goiás, Campus Anápolis de Ciências Socioeconômicas e Humanas, Anápolis,GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/947
Data de defesa: 10-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Educação Linguagem e Tecnologias(IELT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1503342942_dissertacao_-_versao_final(1).pdfDissertação1,39 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.