???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/709
Tipo do documento: Dissertação
Título: Temas geradores no ensino de bioquímica : o caso do queijo e do doce de leite
Título(s) alternativo(s): Generating themes in the teaching of biochemistry : the case of cheese and dulce de leche
Autor: Souza, Paulo Henrique de 
Primeiro orientador: Ferreira, João Roberto Resende
Primeiro membro da banca: Ferreira, João Roberto Resende
Segundo membro da banca: Miranda, Sabrina do Couto de
Terceiro membro da banca: Oliveira e Silva, Yara Fonseca de
Resumo: O Ensino de Química já é tido por vários alunos como difícil, aliado a isto, está a complexa sociedade capitalista, que usa dos princípios hegemônicos para se perpetuar e consolidar a estagnação do sujeito, especialmente o mais vulnerável. O aluno devido a diversos fatores pensa que não pode aprender determinados tipos de conteúdos, entretanto análises mais esmiuçadas das teorias de aprendizagem, da formulação deste conhecimento durante as épocas e da estruturação da sociedade apontam para outros caminhos. Faz-nos necessário mudar as posturas convencionais dessa sociedade. A proposta de Michael Apple e Paulo Freire indica que o conflito pode impetrar novos valores contra hegemônicos. Para isto é preciso respeitar a individualidade do educando, bem como seus saberes culturais que fazem parte do capital cultural que possui. Assim esta pesquisa buscou investigar a relação entre o ensino de Química/Bioquímica no Ensino Médio e sua relação a elementos do cotidiano como os doces e os queijos, sendo a proposição central deste trabalho: como o Ensino de Química em seu conteúdo de Bioquímica pode ser ensinado usando temas geradores? Buscamos também entender se há emprego de temas geradores: doces e queijos, para o Ensino de Química/Bioquímica e assim verificar por meio do levantamento de referencial teórico as principais formas em que são produzidos os conhecimentos, bem como, de ensinar Química/Bioquímica considerando a dificuldade de abstração dos conceitos Químicos. Tencionou-se responder a estes objetivos por meio de uma pesquisa qualitativa pelo cunho bibliográfico e pela fundamentação de um produto educacional, do tipo material textual/livro paradidático com finalidade de estabelecer relações entre o ensino de Química/Bioquímica e as práticas cotidianas de fabricação de queijos e doce de leite no contexto do Ensino Médio. Neste sentido, para questionar a estruturação do currículo baseamos nossa reflexão em Michael Apple e, em consonância com o a Química dos processamentos dos doces de leite e queijo frescal. Uma vez que vários aspectos podem ser trabalhados como: os compostos bioquímicos, a biossíntese do leite, densidade, fermentação láctica e enzimática, influência do pH, as reações de escurecimento não enzimático, o saneamento e as técnicas de produção de queijos e doces de leite de modo artesanal, a agricultura e agropecuária familiar, como também a promoção da reflexão do aluno e professor ao valorizar elementos de seu cotidiano gerando autonomia pelo conhecimento específico de seu meio. O estudante não é culpado por não aprender. Porém se faz necessário o autoconhecimento e a busca de sua autonomia, que refletimos só ser possível através do acesso ao conhecimento, que é libertador, especialmente pela compressão da hegemonia cultural e conflitos de poder que operam na sociedade. Assim o mesmo assegurará a possiblidade de sua liberdade enquanto ser humano.
Abstract: The teaching of Chemistry is already considered by several students as difficult, allied to this, is the complex capitalist society, which uses hegemonic principles to perpetuate and consolidate the subject's stagnation, especially the most vulnerable. The student, due to several factors, thinks that he cannot learn certain types of content, however more detailed analysis of the theories of learning, the formulation of this knowledge during the times and the structuring of society point to other paths. It makes us necessary to change the conventional postures of that society. The proposal by Michael Apple and Paulo Freire indicates that the conflict may bring new values against hegemonic values. For this, it is necessary to respect the individuality of the student, as well as his / her cultural knowledge that is part of the cultural capital that he / she has. Thus, this research sought to investigate the relationship between the teaching of Chemistry / Biochemistry in High School and its relation to elements of everyday life such as sweets and cheeses, being the central proposition of this work: how the Teaching of Chemistry in its Biochemistry content can be taught using generators themes? We also seek to understand if there is use of generating themes: sweets and cheeses, for the Teaching of Chemistry / Biochemistry and, thus, to verify, by means of a theoretical survey, the main forms of knowledge production, in addition to teaching Chemistry / Biochemistry. considering the difficulty of abstraction of chemical concepts. It was intended to answer these objectives through a qualitative research, based on the bibliographic nature and based on elaboration on an educational product, of the type of textual material / paradidactic book, with the objective of establishing relations between the teaching of Chemistry / Biochemistry and the everyday cheese and dulce de leche manufacturing practices in the context of high school. In this sense, to question the structuring of the curriculum, we base our reflection on Michael Apple and Paulo Freire, according to the Chemistry of the processing of fresh sweets and cheeses. How various aspects can be worked on, such as: biochemical compounds, milk biosynthesis, density, lactic and enzymatic fermentation, pH influence, non-enzymatic browning reactions, artisanal sanitation and cheese and milk production, family farming and family agropecuária, as well as promoting the reflection of students and teachers, valuing elements of their daily lives, generating autonomy through specific knowledge of their environment. The student is not to blame for not learning. However, self-knowledge and the search for autonomy are necessary, which we think is possible only through access to knowledge, which is liberating, mainly due to the compression of cultural hegemony and the conflicts of power that operate in society. Thus, it will guarantee the possibility of your freedom as a human being.
Palavras-chave: Química
Bioquímica
Ensino de Química
Temas geradores
Doces de leite
Queijos
Momentos Pedagógicos
Chemistry
Biochemistry
Chemistry teaching
Generating themes
Sweets
Cheeses
Pedagogical moments
Ensino de química
Área(s) do CNPq: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
ENSINO-APRENDIZAGEM::TECNOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC)
Citação: DE SOUZA. Temas geradores no ensino de bioquímica : o caso do queijo e do doce de leite. 2020. 115 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências) - Câmpus Central - Sede: Anápolis - CET, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/709
Data de defesa: 19-Aug-2020
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1_Dissertacao_Paulo_Henrique_15_01_2021.pdfDissertação_Mestrado_Profissional_em_Ensino_de_Ciências1,77 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
2_Produto_Educacional_VersaoFinal_15_01_2021_Sem_ISBN_Paulo_2020.pdfProduto Técnico-Tecnológico (PTT)4,41 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.