???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/631
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação de carcaça e carne de fêmeas bovinas aberdeen Angus x Nelore, superprecoces, terminadas em confinamento
Autor: Dib, Renato Tângari 
Primeiro orientador: Bueno, Cláudia Peixoto
Primeiro coorientador: Ferro, Diogo Alves da Costa
Segundo coorientador: Ferro, Rafael Alves da Costa
Primeiro membro da banca: Bueno, Cláudia Peixoto
Segundo membro da banca: Santos, Aracele Pinheiro Pales dos
Terceiro membro da banca: Melo, Camila Silveira
Resumo: A carne bovina é um alimento nobre, fonte de proteína de excelente qualidade. A população no Brasil e no mundo cresce continuamente e a demanda de alimentos tem aumentado a cada ano. A criação e a produção de bovinos de corte enfrentam desafios e buscam alternativas de produção de ciclo curto, com eficiência zootécnica e também melhorar os índices econômicos da atividade. Neste trabalho foram avaliadas fêmeas bovinas com idade de 12 e 15 meses, oriundas de cruzamento das raças Aberdeen Angus e Nelore, terminadas em confinamento em um período de 151 dias. Não houve diferença significativa nos pesos iniciais e finais, apesar da diferença de três meses na idade. Foram avaliados os desempenhos em ganho em peso, rendimento de carcaça, dimensões das carcaças e avaliações sensoriais, físicas e químicas do músculo Longissimus dorsi. Os valores de ganho em peso diário foram de 1,070 e 1,067 kg, e o rendimento de carcaça sem jejum, de 53,95 e 52,98%, respectivamente para os Tratamentos 1 e 2. Os pesos das carcaças produzidas atendem o mercado, atingindo acima do peso mínimo do matadouro frigorífico, para fêmeas. O que demonstra que animais mesmo que jovens, precoces e com alimentação adequado, produzem carcaça e carne que atendem a demanda do mercado. Não houveram diferenças significativas na maioria dos itens avaliados, com exceção do rendimento de carcaça com e sem jejum. Estes valores podem influenciar no rendimento técnico e econômico do sistema de produção. Ante os resultados obtidos podemos concluir que é viável a redução do ciclo de produção de bovinos de corte, com o abate de fêmeas bovinas superjovens, sem prejuízo à qualidade de carcaça e carne, bem como dos índices de rentabilidade.
Abstract: The meat is a noble food, source of protein of excellent quality. The population in Brazil and in the World is growing continuously and the demand for food has increased every year. The breeding and production of beef cattle face challenges and seek alternatives of short cycle production, with zootechnical efficiency and also improve the economic indexes of the activity. In this work, bovine females aged 12 and 15 months from crossbreeding of the Aberdeen Angus and Nellore rats were evaluated, finishing in confinement in a period of 151 days. There was no significant difference in initial and final weights, despite the difference of three months in age. The performances in weight gain, carcass yield, carcass dimensions and sensorial, physical and chemical evaluations of the Longissimus dorsi muscle were evaluated. The daily gain values were 1.070 and 1.067 kg, and the carcass yield without fasting, of 53.95 and 52.98%, respectively for Treatments 1 and 2. The carcass weights produced served the market, reaching Above the minimum slaughterhouse minimum weight for females. This demonstrates that even young animals, precocious and with adequate food, produce carcass and meat that meet the market demand. There were no significant differences in most of the evaluated items, except for the carcass yield with and without fasting. These values can influence the technical and economic performance of the production system. In view of the obtained results we can conclude that it is feasible to reduce the production cycle of beef cattle, with the slaughter of super young bovine females, without prejudice to the quality of carcass and meat, as well as the profitability indexes
Palavras-chave: Cruzamento de bovinos
Precocidade
Intensificação
Eficiência zootécnica
Produção de bovinos
Carcaças
Matadouro frigorífico
Aberdeen Angus
Nelore
Crossbreeding
Precocity
Intensification
zootechnical efficiency
carcass
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado Profissional em Produção Animal e Forragicultura
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Desenvolvimento Rural Sustentável
Citação: DIB, Renato Tângari. Avaliação de carcaça e carne de fêmeas bovinas aberdeen Angus x Nelore, superprecoces, terminadas em confinamento. 2017. 42 f. Dissertação (Mestrado em Produção Animal e Forragicultura) - Câmpus Oeste - Sede: São Luís de Montes Belos, Universidade Estadual de Goiás, Luís de Montes Belos.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/631
Data de defesa: 8-Aug-2017
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Produção Animal e Forragicultura

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renato Tângari Dib.pdfDissertação_Mestrado Profissional em Produção Animal e Forragicultura882,2 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.