???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/337
Tipo do documento: Dissertação
Título: O ensino de ciências no contexto inclusivo: flexibilização curricular e apropriação do conhecimento por estudantes com deficiência intelectual
Título(s) alternativo(s): Science teaching in the inclusive context: curricular flexibilization and appropriation of knowledge by students with intellectual disabilities
Autor: Santos, Leonora Aparecida dos 
Primeiro orientador: Porto, Marcelo Duarte
Primeiro membro da banca: Araújo, Wilton de
Segundo membro da banca: Moreira, Geraldo Eustáquio
Terceiro membro da banca: Teixeira, Zenaide Dias
Resumo: O presente estudo tem como foco o processo de ensino e aprendizagem envolvendo um aluno com deficiência intelectual decorrente da hidrocefalia em uma unidade escolar da rede estadual de Goiás, na área de Ciências da Natureza. Como objetivo principal foi posta a relevância de investigar como a flexibilização curricular e apropriação do conhecimento científico, estão sendo mediadas para estudantes com deficiência intelectual no ensino regular do estado de Goiás. O estudo fundamenta-se principalmente na teoria Histórico-Cultural, que tem Vygotsky (1997) como um dos principais representantes; na concepção de currículo aberto, dinâmico, flexível e dialógico estudada por Mantoan (2003) e Paganelli (2017); em documentos oficiais, na perspectiva de currículo do futuro defendida por Young (2000) e em documentos oficiais de órgãos federais e estaduais. Para além da revisão bibliográfica de 30 publicações recentes, analisam-se os preceitos teóricos que fundamentam a Teoria Histórico Cultural elaborada por Vygotsky e suas contribuições às discussões sobre o currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva. Propõem-se a formação de professores de ciências a luz de um currículo inclusivo e por meio do estudo de caso verifica-se como o ensino de ciências está sendo mediado para estudantes com deficiência intelectual. A abordagem metodológica utilizada é de cunho qualitativo, o método, estudo de caso (LÜDKE e ANDRÉ, 2007), com o objetivo de apreensão de dados da dinâmica da sala de aula, por meio dos instrumentos apreendidos nas entrevistas, diário de campo e observações que incluíram a interação do estudante com deficiência intelectual e os demais agentes envolvidos no seu processo de aprendizagem.
Abstract: The present study focuses on the teaching and learning process involving a student with intellectual disabilities resulting from hydrocephalus in a school unit in the state of Goiás, in the area of Natural Sciences. As a main objective, the relevance of investigating how curricular flexibilization and appropriation of scientific knowledge is being mediated for students with intellectual disabilities in regular education in the state of Goiás is highlighted. The study is based mainly on the Historical-Cultural theory, which has Vygotsky (1997) as one of the main representatives; in the conception of an open, dynamic, flexible and dialogic curriculum studied by Mantoan (2003) and Paganelli (2017); in official documents, in the perspective of the future curriculum defended by Young (2000) and in official documents from federal and state agencies. In addition to the bibliographic review of 30 recent publications, the theoretical precepts underlying the Historical Cultural Theory elaborated by Vygotsky and their contributions to discussions on the school curriculum from the perspective of inclusive education are analyzed. It is proposed to train science teachers in the light of an inclusive curriculum and through the case study it is possible to see how science teaching is being mediated for students with intellectual disabilities. The methodological approach used is of a qualitative nature, the method, case study (LÜDKE and ANDRÉ, 2007), with the objective of apprehending data on the dynamics of the classroom, through the instruments learned in the interviews, field diary and observations which included the interaction of students with intellectual disabilities and other agents involved in their learning process.
Palavras-chave: Currículo escolar
Educação inclusiva
Deficiência intelectual
School curriculum
Inclusive education
Intellectual disability
Área(s) do CNPq: EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEM
TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC)
Citação: SANTOS, L. A. O ensino de ciências no contexto inclusivo: flexibilização curricular e apropriação do conhecimento por estudantes com deficiência intelectual. 2020. 114 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC) - Campus Central - Sede: Anápolis - CET, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/337
Data de defesa: 1-Jun-2020
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_leonora_ensino_ciencias_completo.pdfDISSERTAÇÃO2,81 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.