???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/204
Tipo do documento: Dissertação
Título: Utilização de geotêxteis não tecido no recobrimento de linhas laterais e sua influência na formação do bulbo molhado em irrigação localizada por gotejamento subsuperficial, utilizando como planta teste alface (Lactuca sativa L.)
Autor: Lacerda, Priscilla Mendonça de 
Primeiro orientador: Viana, Paulo Márcio Fernandes
Primeiro membro da banca: Salomão, Leandro Caixeta
Segundo membro da banca: Teixeira, Sidnei Helder Cardoso
Resumo: O gotejamento subsuperficial é uma tecnologia consagrada pela eficiência no uso da água, no entanto, enfrenta problemas com entupimento e intrusão radicular e os geotêxteis vêm se destacando pela excelente em realizar as funções de filtração e separação, por exemplo, além de sua alta permeabilidade. Contudo, avaliar sua influência em diversos parâmetros ligados à agricultura irrigada, como desenvolvimento vegetativo e formação do bulbo úmido é crucial, visto que tais parâmetros podem reforçar sua aceitação, sendo assim, este trabalho objetivou avaliar a influência de três geotexteis não tecido ao desenvolvimento da cultura da alface e à formação do bulbo molhado. Foi estabelecido 4 tratamentos: testemunho, geotêxtil N26.1, N30.1 e N40.1, denominados T1, T2, T3 e T4 respectivamente. O trabalhou desenvolveu-se em casa de vegetação no IF Goiano - Câmpus urutaí, sendo o delineamento DBC, com 5 repetições, totalizando 20 parcelas experimentais. Para a avaliação vegetativa, avaliou-se a cada 5 dias a altura, comprimento e largura da maior folha, maior largura entre folhas (todos com auxilio de régua milimetrada) e número de folhas, por meio de contagem simples e, ao final do experimento pesou-se em balança com precisão 0,01g a fitomassa fresca e seca das partes aéreas e raízes. Já para a avaliação do bulbo molhado, utilizou-se uma bateria com 16 tensiômetros, espaçados 5 cm entre si, nas profundidades de 10, 20, 30 e 40 cm, distribuídos em forma de cruz, com um gotejador isolado no ponto central. As leituras foram realizados antes, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 24 e 48 horas após a irrigação, que foi baseada no tanque classe A, com média de 1,4L h-1e turno de régua de 48horas. Os dados do desenvolvimento vegetativo foram submetidos à analise de variância e se significativos, tiveram as médias comparadas pelo teste de Turkey com 95% de confiabilidade e, os dados da formação dos bulbos, plotados no software Surfer 11. Observou-se que o T4 foi superior estatisticamente aos 20 DAT nos parâmetros comprimento da maior folha, número de folhas por planta e altura, já para a avaliação da maior largura entre folhas destacou-se a partir dos 15 DAT. Com relação aos dados analisados ao final do experimento, o mesmo foi superior para fitomassa fresca da raiz, já os demais tratamentos, não foram diferentes estatisticamente. Na avaliação da influência dos geotêxteis à formação dos bulbos, verificou-se que o T4 demonstrou melhor uniformidade de distribuição, em relação aos demais, e os tratamentos com geotexteis, reteram a umidade por um período de tempo maior, se comparados ao testemunho. Portanto, pode-se concluir que o T4 expressou os melhores resultados e que o geotêxtil melhora a eficiência no uso da água, podendo otimizar a aplicação, contudo, carecem de mais estudos para se afirmar tais resultados.
Abstract: The subsurface drip irrigation is an established technology for the efficient use of water, however, faces problems with clogging and root intrusion and geotextiles have been highlighted by excellent in performing the functions of filtration and separation, for example, in addition to its high permeability. However, to evaluate its influence on various parameters related to irrigated agriculture, such as plant development and training of the wet bulb is crucial, since these parameters can enhance their acceptance, so this study aimed to evaluate the influence of three nonwoven geotextiles to the development of the lettuce and the formation of the wet bulb. Testimony, geotextile N26.1, N30.1 and N40.1, termed T1, T2, T3 and T4 respectively: 4 treatments was established. What worked was developed in a greenhouse at IF Goiás - Urutaí Campus, with the DBC design with 5 replications, totaling 20 experimental plots. For vegetative assessment was evaluated every 5 days with height, length and width of the largest leaf, largest width between sheets (all with the aid of a millimeter ruler) and number of leaves, by simple counting and at the end of the experiment weighed on balance accurate to 0.01 g fresh weight and dry weight of aerial parts and roots. As for the evaluation of the wet bulb, we used a battery with 16 tensiometers, spaced 5 cm apart, at depths of 10, 20, 30 and 40 cm, distributed in the form of a cross, with a dripper isolated at the midpoint. Readings were performed before, 2, 4, 6, 8, 10, 12, 24 and 48 hours after irrigation, which was based on the class A tank with an average of 1.4 L h -1 and shift strip 48 hours. Data from the vegetative development were submitted to analysis of variance and if significant, the averages were compared by Tukey's test with 95% confidence, and the data of the formation of bulbs, plotted in Surfer 11 software. Observed that T4 was statistically superior 20 DAT in length parameters largest leaf, number of leaves per plant and height, as for assessing the greatest width between sheets stood out from the 15 DAT. Regarding the data analyzed at the end of the experiment, it was higher for fresh weight of the root, since the other treatments were not statistically different. In assessing the influence of geotextiles to the formation of bulbs, it was found that T4 showed a more uniform distribution in relation to others, and treatments with geotextiles, retained their moisture for a longer period of time compared to the testimony. Therefore, it can be concluded that the best results expressed T4 and the geotextile improves the uniformity and keep the moisture, which can optimize the application, however, require more studies to affirm these findings.
Palavras-chave: Geossintéticos
Produtividade
Gotejo enterrado
Geosynthetics
Productivity
Pubsurface drip
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO AMBIENTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Engenharia Agrícola
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Engenharia Agrícola
Citação: LACERDA, Priscilla Mendonça de. Utilização de geotêxteis não tecido no recobrimento de linhas laterais e sua influência na formação do bulbo molhado em irrigação localizada por gotejamento subsuperficial, utilizando como planta teste alface (Lactuca sativa L.). 2014. 68 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual de Goiás, Anápolis.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/204
Data de defesa: 22-Jul-2014
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRISCILLA_MENDONCA_DE_LACERDA_M_E_A.pdf5,62 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.