???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/704
Tipo do documento: Dissertação
Título: A experimentação no ensino de química e os saberes indígenas
Título(s) alternativo(s): Experimentation in chemistry teaching and indigenous knowledge
Autor: Gonzaga, Kézia Ribeiro 
Primeiro orientador: Benite, Claudio Roberto Machado
Primeiro membro da banca: Benite, Claudio Roberto Machado
Segundo membro da banca: Silva, Leicy Francisca da
Terceiro membro da banca: Oliveira, Arthur Ângelo Bispo de
Resumo: Este estudo versa sobre a abordagem da temática indígena no currículo de ciências (em especial a química), envolvendo processos metodológicos para elaboração de roteiros experimentais com aulas práticas capazes de articular conhecimentos tradicionais e conteúdos científicos, em consonância com a Lei 11.645/2008 a qual torna obrigatório o estudo da História e Cultura Afro-brasileira e Indígena em todo o currículo escolar. A pesquisa de cunho descritivo e abordagem participante buscou investigar os pressupostos básicos necessários para a criação de um paradidático que contemple o ensino de química e os conhecimentos indígenas, com o foco para a educação no sistema de ensino convencional (para o não-indígena). A metodologia de pesquisa participante atrelada à pesquisa de campo proporcionou a coleta de dados através de questionários aplicados para professores da Licenciatura Intercultural Indígena dos núcleos localizados na Universidade Federal de Goiás (UFG) em Goiânia e no Instituto Federal da Bahia (IFBA) em Porto Seguro. A partir dos apontamentos coletados pelos professores participantes da pesquisa e do estudo realizado em uma revisão bibliográfica, foi possível desenvolver como produto educacional; um livreto contemplando roteiros para aulas de química experimental contendo abordagens, relatos, elementos e discussões da cultura indígena, focando sobretudo, na valorização da perspectiva étnica decolonial. O produto educacional foi validado a partir de 03 etapas, envolvendo avaliações prévias, durante e após a aplicação dos roteiros em sala de aula, que ocorreu durante 05 aulas da disciplina “Transformações Químicas” da Licenciatura Intercultural Indígena, no Núcleo Takinahakỹ da Universidade Federal da Bahia. O livro contém ao todo dez roteiros experimentais elaborados com materiais alternativos e de baixo custo. A perspectiva do ensino por investigação atrelado à interculturalidade também foi explorada ao longo do trabalho, expresso por uma Sequência de Ensino Investigativa aplicada à alunos da rede Estadual de Ensino. Concluiu-se que a abordagem investigativa se mostrou eficaz para a problematização da História e Cultura Indígena no currículo de Ciências. Conclui-se também que, a decolonialidade do ensino atrelado à experimentação em ciências, permite desconstruir os conceitos colonizados ao longo da história da ciência, colaborando para o desenvolvimento de um perfil questionador, autônomo e crítico do aluno, capaz de compreender e reconhecer as especificidades inerentes às etnias e diferentes formas de ensinar e aprender.
Abstract: his study deals with the approach of the indigenous theme in the science curriculum (especially chemistry), the methodological processes for the preparation of experimental rotators with practical classes, skills of articulating traditional and scientific knowledge, in line with Law 11.645 / 2008 which makes the study of Afro-Brazilian and Indigenous History and Culture mandatory throughout the school curriculum. A descriptive research and participatory approach seeks to investigate the basic assumptions necessary for the creation of a paradigm that contemplates the teaching of chemistry and indigenous students, with a focus on education in the conventional education system (for non-indigenous). A participatory research methodology linked to field research provides data collection through questionnaires for teachers of the Indigenous Intercultural Degree in Reading Centers at the Federal University of Goiás (UFG) in Goiânia and at the Federal Institute of Bahia (IFBA) in Porto Seguro . From the indicators collected by the teachers participating in the research and the study carried out in a bibliographic review, it was possible to develop as an educational product; a booklet covering itineraries for experimental chemistry classes, covering approaches, reports, elements and discussions of indigenous culture, focusing mainly on valuing the ethnic and decolonial perspective. The educational product was validated from 03 stages, using previous interviews, during and after the application of rotators in the classroom, which took place during 05 classes of the discipline “Chemical Transformations” of the Indigenous Intercultural License, at the Takinahakỹ Nucleus of the Federal University of Bahia. The book contains the ten experimental itineraries made with alternative and low-cost materials. The perspective of teaching by research linked to interculturality was also explored throughout the work, expressed by an Investigative Teaching Sequence applied to students from the State Education network. It was concluded that the investigative approach proved to be effective for problematizing Indigenous History and Culture in the Science curriculum. Conclude that, a decoloniality of teaching linked to experimentation in science, allows to deconstruct the concepts colonized throughout the history of science, collaborating for the development of an autonomous and critical student questioner, able to understand and use as specifics inherent to the ethnicities and different ways of learning and learning.
Palavras-chave: Educação Indígena
Ensino por Investigação
Lei 11.645/08
Indigenous Education
Research education
Law 11.645/08
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC)
Citação: GONZAGA, K. R. A . A experimentação no ensino de química e os saberes indígenas. 2020. 141 f. Dissertação ( Mestrado Profissional em Ensino de Ciências) - Câmpus Central - Sede: Anápolis – CET, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/704
Data de defesa: 5-Aug-2020
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Versao_Final_de_Entrega_da_Dissertacao_de_Mestrado_KEZIA_RIBEIRO_GONZAGA.pdfDissertação_Mestrado_Profissional_em_Ensino_de_Ciências2,54 MBAdobe PDFDownload/Open Preview
Versao_Digital_Produto_Educacional_KEZIA_RIBEIRO.pdfProduto Técnico-Tecnológico (PTT)1,65 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.