???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/626
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adubação com mangânes em cultivares de soja: efeito de doses e fontes aplicadas via foliar
Título(s) alternativo(s): Manganese fertilization in soybean cultivars: effect of doses and sources applied via foliar
Autor: Rezende, Alexandre Garcia 
Primeiro orientador: Berti, Mariana Pina da Silva
Primeiro membro da banca: Curvelo, Carmen Rosa da Silva
Segundo membro da banca: Benett, Cleiton Gredson Sabin
Resumo: O manganês (Mn) é um micronutriente devido ser demandado em pequenas quantidades, porém é essencial para as plantas, desempenhando importantes papéis em diferentes processos vitais como fotoxidação da água no Fotossistema II e é um cofator enzimático, sendo responsável pela ativação de mais de 35 diferentes enzimas. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar os efeitos das aplicações de Manganês via foliar nos aspectos produtivos e nutricionais da soja. O trabalho foi desenvolvido no ano agrícola 2019/20, sendo conduzido na Fazenda Capão Grande no município de Cristalina, Goiás. O solo da área experimental é classificado como Latossolo VermelhoAmarelo. Após a análise do solo, não se realizou a correção do pH, somente adubação de acordo com recomendações técnicas para a cultura. As cultivares CD2728IPRO e M7739IPRO foram semeadas em sete de novembro de 2019. Em todo o experimento adotou-se esquema fatorial (5 x 3) + 1, sendo o primeiro fator correspondente as doses, o segundo as fontes e um adicional sem aplicação do nutriente via foliar. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. As fontes Mn utilizadas foram sulfato de Mn, Mn quelatizado com EDTA e óxido de Mn moído em partículas de escala micrométrica em suspensão. As doses de Mn testadas foram de 25%, 50%, 75%, 100% e 125% da dose recomendada de 350 g ha-1 de Mn. Cada unidade experimental foi composta por quatro linhas de 6 m de comprimento, espaçadas de 0,50 m. As duas linhas centrais foram consideradas úteis, menos 0,5 m em cada extremidade. Aplicação de manganês via foliar influência os teores foliares e nos grãos desse micronutriente na cultura da soja. Porém as características agronômicas da soja não se alteram significativamente quanto submetidas a aplicações de manganês via foliar. As duas cultivares de soja, apresentaram respostas distintas a aplicações de manganês via foliar. O peso de mil grãos e a altura de inserção da primeira vagem na cultivar M7739IPRO, sofreram influência das doses de manganês aplicados via foliar.
Abstract: Manganese (Mn) is a micronutrient because it is demanded in small quantities, but it is essential for plants, playing important roles in different vital processes such as water photoxidation in Photosystem II and is an enzymatic cofactor, responsible for the activation of more than 35 different enzymes. The objective of this study was to evaluate the effects of applications of Manganese via leaf on the productive and nutritional aspects of soy. The work was developed in the agricultural year 2019/20, being conducted at Fazenda Capão Grande in the municipality of Cristalina, Goiás. The soil of the experimental area is classified as Red-Yellow Latosol. After soil analysis, pH correction was not carried out, only fertilization according to technical recommendations for the crop. The cultivars CD2728IPRO and M7739IPRO were sown on November 7, 2019. Throughout the experiment, a factorial scheme (5 x 3) + 1 was adopted, with the first factor corresponding to the doses, the second the sources and an additional one without application of the nutrient via leaf. The design used was in randomized blocks, with four replications. The sources Mn used were Mn sulfate, Mn chelated with EDTA and Mn oxide ground into particles of micrometric scale in suspension. The doses of Mn tested were 25%, 50%, 75%, 100% and 125% of the recommended dose of 350 g ha-1 of Mn. Each experimental unit was composed of four lines 6 m long, spaced 0.50 m apart. The two central lines were considered useful, minus 0.5 m at each end. Application of manganese via leaf influences the levels of leaves and grains of this micronutrient in soybean culture. However, the agronomic characteristics of soybeans do not change significantly when submitted to applications of manganese via leaf. The two soybean cultivars showed different responses to applications of manganese via leaf. The weight of a thousand grains and the height of insertion of the first pod in cultivar M7739IPRO, were influenced by the doses of manganese applied via leaf.
Palavras-chave: Micronutriente
Nutrição de plantas
Glycine max
Produtividad
Micronutrient; ; ;
Plant nutrition
Glycine max
Productivity
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
FISIOLOGIA VEGETAL::NUTRICAO E CRESCIMENTO VEGETAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Produção Vegetal
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Produção Vegetal (PPGPV)
Citação: REZENDE, Alexandre Garcia. Adubação com mangânes em cultivares de soja: efeito de doses e fontes aplicadas via foliar. 2021. 29 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Unidade Ipameri, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/626
Data de defesa: 1-Mar-2021
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Versão final disserteção Alexandre ok.pdf1,07 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.