???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/418
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adubação foliar com fósforo na cultura do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.
Autor: Gonçalves, Rogério Nunes
Primeiro orientador: Pelá, Adilson
Primeiro membro da banca: Pelá, Adilson
Segundo membro da banca: Benett, Cleiton Gredson Sabin
Terceiro membro da banca: Cunha, Paulo César Ribeiro da
Resumo: A baixa disponibilidade e mobilidade do fósforo em solos tropicais é um fator limitante à nutrição e produção do feijoeiro. Este trabalho teve como objetivo avaliar a resposta do feijoeiro a doses crescentes de fósforo via foliar em diferentes estádios fenológicos, sob condições de adubação fosfatada de semeadura normal e reduzida. O experimento foi conduzido na Universidade Estadual de Goiás, no campo Experimental da Unidade Universitária de Ipameri. O solo da área foi classificado como Latossolo Vermelho Amarelo distrófico, textura média. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizado (DBC), arranjados em esquema fatorial 2 x 7 com quatro repetições. O primeiro fator correspondeu à adubação com fósforo na base, com 60 e 120 kg ha-1 de P2O5; O segundo fator, em sete níveis, foram as épocas e doses de fósforo aplicadas via foliar: T1: 1 kg ha-1 de P2O5 via foliar no estádio fenológico V3; T2: 0,5 kg ha-1 de P2O5 via foliar no estádio fenológico V3; T3: 1 kg ha-1 de P2O5, foliar parcelado, sendo 20% no estádio fenológico V3, mais 40% no estádio fenológico R5 e 40% no estádio fenológico R6; T4: 0,5 kg ha-1 de P2O5, foliar parcelado, sendo 20% no estádio fenológico V3, mais 40% no estádio fenológico R5 e 40% no estádio fenológico R6; T5: 1 kg ha-1 de P2O5 via foliar com aplicação de 50% no estádio fenológico R5 e 50% no estádio fenológico R6; T6: 0,5 kg ha-1 de P2O5 via foliar com aplicação de 50% no estádio fenológico R5 e 50% no estádio fenológico R6; T7: sem aplicação de P2O5 via foliar. Como fonte de fósforo foi utilizada o fosfato monoamônico no solo; Na adubação via foliar com fósforo, utilizou-se o ácido fosfórico como fonte. Houve interações significativas entre a adubação foliar e a dose usada na semeadura. Com a dose de 120 kg ha-1 de P2O5, proporcionou a maior fitomassa da parte aérea, que foi de 71,32 gramas por planta. Quanto ao número de grãos por planta, houve interações significativas entre a adubação foliar e a dose usada na semeadura. Na acumulação de fósforo nos grãos, houve interações significativas entre a adubação foliar e a dose usada na semeadura. O teor de proteínas no grão apresentou interações significativas entre a adubação foliar e a dose usada na semeadura. Mas não diferiram significativamente em função da dose de fósforo aplicado ao solo. Houve interações significativas entre a adubação foliar e a dose usada na semeadura, na produtividade do feijoeiro. O número de vagens por planta; o número de grãos por vagem; a massa de 100 grãos; teores de fósforo na parte aérea; os teores de nitrogênio na parte aérea, não aumentaram significativamente com as doses de fósforo aplicada no solo ou via foliar.
Abstract: The low availability and mobility of phosphorus in tropical soils is a limiting nutrition and production of bean factor. This study aimed to evaluate the response of bean to increasing doses of foliar phosphorus at different growth stages under conditions of phosphorus fertilization of normal and reduced seeding. The experiment was conducted at the State University of Goiás, in the Ipameri University Experimental Unit field. The soil of the area was classified as Typic loam, medium texture. The experimental design was a randomized block design (RBD), arranged in a 2 x 7 factorial with four replications. The first factor corresponded to P fertilization at the base, with 60 and 120 kg ha-1 P2O5; The second factor, in seven levels, were the times and rates of phosphorus applied as foliar application: T1 1 kg ha-1 P2O5 foliar phenological stage V3, T2: 0.5 kg ha-1 P2O5 foliar phenological stage V3, T3 1 kg ha-1 P2O5, leaf installments, 20% at the phenological stage V3, up 40% in phenological stage R5 and 40% at the phenological stage R6; T4: 0.5 kg ha-1 P2O5, leaf installments, 20% at the phenological stage V3, over 40% at the phenological stage R5 and 40% at the phenological stage R6, T5: 1 kg ha-1 P2O5 with foliar application of 50% at the phenological stage R5 and 50% at the phenological stage R6, T6: 0.5 kg ha-1 P2O5 with foliar application of 50% at the phenological stage R5 and 50% at the phenological stage R6, T7 no application P2O5 foliar. As phosphorus source monoammonium phosphate was applied to the soil; On fertilization foliar phosphorus was used phosphoric acid as a source. There were significant interactions between the foliar fertilization and the dose used in the seeding. With 120 kg ha-1 P2O5 resulted in the highest biomass of the shoot, which was 71.32 grams per plant. As for the number of grains per plant, there were significant interactions between the foliar fertilization and the dose used in the seeding. Accumulation of phosphorus in grains, there were significant interactions between the foliar fertilization and the dose used in the seeding. The protein content in the grain showed significant interactions between the foliar fertilization and the dose used in the seeding. But did not differ significantly as a function of the phosphorus applied to the soil. There were significant interactions between the foliar fertilization and the dose used in the seeding, the bean yield. The number of pods per plant, number of grains per pod, the weight of 100 grains; phosphorus concentration in the shoot, the nitrogen concentration in shoot was not increased with doses of phosphorus applied to the soil or foliar.
Palavras-chave: Leguminosa
fosfato monoamônico
nutrição mineral
Legumes
monoammonium phosphate
mineral nutrition
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Produção Vegetal
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Produção Vegetal (PPGPV)
Citação: GONÇALVES, Rogério Nunes. Adubação foliar com fósforo na cultura do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.. 2014. 42 f.. Dissertação ( Mestrado em Produção Vegetal) - Unidade Ipameri, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri-GO. .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/418
Data de defesa: 28-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertao__Rogrio_Nunes_Gonalves.pdf584,39 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.