???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/324
Tipo do documento: Dissertação
Título: Células T reguladoras em diferentes formas de hanseníase e reações hansênicas
Autor: Lima, Chálita Patrícia de 
Primeiro orientador: Sampaio, Lucas Henrique Ferreira
Primeiro membro da banca: Nascimento, Thais Leite
Segundo membro da banca: Lima, Patrícia de Sousa
Resumo: A hanseníase é uma doença infectocontagiosa crônica, causada pelo Mycobacterium leprae. A doença se caracteriza por manifestações dermatoneurológicas e exibe padrões dinâmicos de resposta imunológica frente à infecção pelo patógeno intracelular. Embora as células T reguladoras (Treg) sejam fundamentais na imunorregulação de diversos processos patológicos, o seu papel na imunologia da hanseníase foi abordado em poucos estudos. Nesse contexto, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de determinar o número de FoxP3, principal marcador das células Treg, nas diferentes formas de hanseníase e reações hansênicas. Os seguintes grupos de estudo foram avaliados: pacientes diagnosticados com Hanseníase Paucibacilar (PB); Hanseníase Multibacilar (MB); Reação Hansênica tipo 1 (RT1); Reação Hansênica tipo 2 (RT2) e Controles endêmicos saudáveis (CES). A expressão de células T reguladoras foi investigada usando o método de ELISA para a medição do marcador FoxP3 no plasma e no sobrenadante de PBMCs (Peripheral Blood Mononuclear Cell). A medição de FoxP3 no plasma foi realizada na ausência de estímulo, imediatamente após a coleta sanguínea. A medição de células Tregs no sobrenadante de PBMCs foi realizada após a incubação com 10 μg/ml de sonicado de células de M. leprae (MLCS) a 37 °C, 5 % CO2 por 72 horas. Os resultados mostraram que não houve qualquer diferença na expressão de FoxP3 medido diretamente no plasma, na ausência de estímulos, entre os grupos estudados. Após estímulos com MLCS, as PBMCs de todos os grupos demonstraram aumento estatisticamente significativo na expressão de FoxP3 quando comparados com indivíduos saudáveis. Foi observado um aumento significativo (p < 0,0001) da expressão de células Treg em pacientes MB, com cerca de 16 ng/ml de FoxP3, quando comparados com PB (6,83 ng/ml). Indivíduos RT1 foi o grupo que apresentou maior expressão de FoxP3, com mediana de 33,3 ng/ml. A quantidade de Treg FoxP3+ em pacientes RT1 foi cerca de seis vezes maior que a de indivíduos saudáveis e mais que o dobro que dos indivíduos RT2. Assim, nossos dados sugerem papel importantíssimo das Tregs na etiopatogenia da hanseníase. Estas células regulariam o processo inflamatório agudo, evitando uma inflamação exacerbada comum na RT1, que poderia ocasionar lesões graves e incapacitantes nos tecidos e nervos.
Abstract: Leprosy is a chronic infectious contagious disease caused by Mycobacterium leprae. The disease is characterized by dermatoneurological manifestations and exhibits dynamic patterns of immune response to infection by the intracellular pathogen. Although regulatory T cells are fundamental in the immunoregulation of various pathological processes, their role in the immunology of leprosy has been addressed in few studies. In this context, this work was developed with the objective of determining the number of FoxP3, the main marker of Treg cells, in the different forms of leprosy and leprosy reaction. The following study groups were evaluated: patients diagnosed whit Paucibacillary Leprosy (PB); Multibacillary Leprosy (MB); Type 1 leprosy reaction (TR1); Type 2 leprosy reaction (TR2); Healthy endemic controls (HEC). The regulatory T cells expression was investigated using the ELISA method for the measurement of the FoxP3 marker in plasma and supernatant of PBMCs (Peripheral Blood Mononuclear Cell). Measurement of FoxP3 in plasma was performed in the absence of stimulation immediately after blood collection. Measurement of Tregs cells in the PBMCs supernatant was performed after incubation with 10 μg/ml M. leprae cells sonicated (MLCS) at 37 °C, 5 % CO2 for 72 hours. The results showed that there was no difference in FoxP3 expression measured directly in the plasma, in the absence of stimuli, between the studied groups. After stimulation with MLCS, PBMCs from all groups demonstrated a statistically significant increase in FoxP3 expression when compared to healthy subjects. A significant increase (p < 0,0001) in Treg cell expression in MB patients, with about 16 ng/ml FoxP3, was observed when compared to PB (6,83 ng/ml). TR1 individuals was the group that presented higher FoxP3 expression, with a median of 33,3 ng/ml. The amount of Treg FoxP3+ in TR1 patients was about six times that of healthy individuals and more than twice that of TR2 individuals. Thus, our data suggest a very important role of Tregs in the etiopathogenesis of leprosy. These cells would regulate the acute inflammatory process, avoiding a common exacerbated inflammation in TR1, which could lead to severe and incapacitating lesions on the tissues and nerves.
Palavras-chave: Mycobacterium leprae
Episódio reacional
Treg
FoxP3
Mycobacterium leprae
Reaction episode
Treg
Treg
FoxP3.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Ciências Aplicadas a Produtos para Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Ciências Aplicadas a Produtos para Saúde (PPG-CAPS)
Citação: LIMA, Chálita Patrícia de. Células T reguladoras em diferentes formas de hanseníase e reações hansênicas. 2017. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Aplicadas a Produtos para Saúde) - Câmpus Central - sede: Anápolis - CET, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/324
Data de defesa: 1-Aug-2017
Appears in Collections:Mestrado Ciências Aplicadas a Produtos para Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Defesa de Mestrado Final Chálita.pdf1,26 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.