???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/109
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vieses especiais em dados de ocorrência de peixes de água doce do Brasil
Título(s) alternativo(s): Special biases in the occurrence data of freshwater fish in Brazil
Autor: Almeida, Thatyane Caetano de 
Primeiro orientador: Teresa, Fabrício Barreto
Primeiro coorientador: Tessarolo, Geiziane
Primeiro membro da banca: Dias, Murilo Sversut
Segundo membro da banca: Prado, Vitor Hugo Mendonça do
Resumo: O viés espacial, ou seja, a amostragem predominante em algumas regiões em detrimento de outras, afeta a qualidade e representatividade dos dados de biodiversidade. Esses vieses podem ser gerados por diversos fatores, como busca por localidades com maior proximidade de centros urbanos, presença de vias de acesso, falta de recursos financeiros para financiar amostragens mais espacializadas, preferência por amostragens próximas ou em áreas de conservação, atratividade por determinada espécie e/ou local, entre outros. O conhecimento sobre a diversidade de peixes de água doce vem aumentando rapidamente, porém ainda há incompletude das informações de suas ocorrências, sendo que estudos sobre vieses amostrais em ambientes aquáticos são escassos. Sendo assim, avaliamos se as amostragens de peixes de água doce são enviesadas em decorrência de fatores como acessibilidade, infraestrutura de pesquisa e atratividade de áreas protegidas. Para isso, compilamos os registros de ocorrências de 3.358 espécies no Brasil (27.3% da biodiversidade mundial) e modelamos o esforço de amostragem (eventos de coletas) em relação à proximidade com centros de pesquisas, proximidade e densidade de vias de acesso, proximidade à áreas protegidas e a densidade populacional, considerando a extensão do Brasil e de cada região do país separadamente. Constatamos que o esforço de amostragem é enviesado espacialmente, com maior concentração nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Além disso, para o Brasil, os fatores mais importantes para explicar a variação no esforço de amostragem foram, em ordem de importância, a proximidade com centros de pesquisa, densidade populacional, densidade e distância de vias de acesso e proximidade a áreas protegidas. Apesar de algumas variações na importância dos fatores explicando a amostragem entre as regiões, a proximidade dos centros de pesquisa foi importante para todas as regiões. Isso reforça a relevância da interiorização e regionalização da infraestrutura de pesquisa para ampliar o conhecimento sobre a biodiversidade.
Abstract: Spatial sampling bias, i.e., the predominant sampling effort in some regions in detriment of others, affects the quality and representativeness of biodiversity data. These biases can be generated by many factors, such as sampling in areas near to urban centers, presence of roads, lack of financial resources for more spatialized samplings, preference for samplings nearby or within conservation areas, preference for a particular species and/or place, among others. Although the knowledge about freshwater fish diversity has increased rapidly, there is still an knowledgement gap of their occurrences, and studies about sampling biases in aquatic environments are scarce. Thus, we evaluated if the sampling of freshwater fishes is biased due to factors such as accessibility, research infrastructure and preference for protected areas. Here, we compiled the occurrence records of 3358 species of Brazil (27.3% of the worldwide biodiversity) and modeled the sampling effort (collection events) in relation to the proximity to research centers, proximity to and density of roads, proximity to protected areas and populational density, considering both the whole Brazilian extension and each country region individually. We found that the sampling effort is spatially biased, more concentrated in the South and Southeast regions of Brazil. In addition, for Brazil, the most important factors to explain the variation in sampling effort were, in a decrescent order of importance, the proximity to research centers, populational density, density and proximity to access routes and proximity to protected areas. Despite variations in the importance of factors explaining sampling effort among regions, the proximity to research centers was significant for all regions. This result reinforces the relevance of the internalization and regionalization of research infrastructure to increase knowledge about biodiversity.
Palavras-chave: Déficit Wallaceano
Déficit Linneano
Centro de pesquisa
Wallacean shortfall, ,
Linnean shortfall
Research center
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Recursos Naturais
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Recursos Naturais do Cerrado RENAC
Citação: ALMEIDA, T. C.Vieses especiais em dados de ocorrência de peixes de água doce do Brasil. 2019. 33f. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais do Cerrado RENAC) - Câmpus Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas Henrique Santillo, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/109
Data de defesa: 25-Feb-2019
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Naturais do Cerrado (RENAC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_THATYANE_CAETANO_DE_ALMEIDA.pdf1,24 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.