???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/1047
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adubação potássica e bioativadores sobre microbiota do solo e produtividade da soja
Autor: Faria, Layanara Oliveira
Primeiro orientador: Berti, Mariana Pina da Silva
Primeiro membro da banca: Berti, Mariana Pina da Silva
Segundo membro da banca: Peixoto, Nei
Terceiro membro da banca: Pelá, Adilson
Resumo: A atual agricultura tem demandado a adoção de sistemas sustentáveis de produção, sendo necessárias pesquisas que avaliem as diversas interações possíveis dentro destes sistemas e suas influências nos vários fatores, incluindo os de produção agrícola, os ambientais e os socioeconômicos. Objetivou-se avaliar o efeito das doses de cloreto de potássio associadas a duas fontes bioativadoras sobre atividade microbiana do solo e produtividade da soja. O experimento foi conduzido no campo experimental da Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Ipameri, sendo o solo da área classificado como LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO Distrófico com textura argilosa, já cultivada por 15 anos. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 5x2, com quatro repetições. O primeiro fator foi constituído por doses de potássio (0, 30, 60, 90, 120 Kg ha-1 de K2O), utilizando cloreto de potássio como fonte. O segundo fator foi composto pelos produtos bioativadores de solo: Penergetic® Kompost e Pflanzen (250 g ha-1 ) e EM•1® (1:250) 250 L ha-1 de calda. Realizou-se, o plantio da soja Monsoy 98Y21 IPRO, sendo a adubação e os tratos culturais realizados de acordo com recomendações técnicas para a cultura. As variáveis analisadas foram: índice de clorofila; número de nódulos; altura das plantas; teor de potássio foliar; número de vagens por planta; número de grãos por vagem; produtividade; respiração microbiana; carbono da biomassa microbiana; quociente metabólico e condutividade elétrica. Os componentes morfofisiológicos, nutricionais e de produtividade da soja não apresentaram resultados significativos para as doses de potássio, para as fontes bioativadoras de solo, bem como para a interação entre ambas. As demais variáveis, microbiológicas e de condutividade elétrica, revelou-se significativa para interação dos fatores, onde o bioativo EM associado a maior dose (120 kg ha-1 ) de cloreto de potássio apresentou interferencia negativa na biomassa microbiana do solo, melhor desempenho foi encontrado quando na dose 60 kg ha-1 . Portanto, o bioativador EM demostrou-se promissor para microbiota do solo associado a dose potássica apenas de manutenção.
Abstract: Current agriculture has demanded the adoption of sustainable production systems, and research is needed to assess the various possible interactions within these systems and their influence on various factors, including agricultural production, environmental and socioeconomic factors. The objective was to evaluate the effect of potassium chloride doses associated a bioactivating sources on soil microbial activity and soybean productivity. The experiment was carried out in the experimental field of the State University of Goiás, Ipameri University Unit, the soil of the area being classified as a dystrophic Red-Yellow Latosol with clay texture, already cultivated for 15 years. The experimental design used was in randomized blocks, in a 5x2 factorial scheme, with four replications. The first factor consisted of potassium doses (0, 30, 60, 90, 120 Kg ha-1 of K2O), using potassium chloride as a source. The second factor was composed of the soil bioactivating products: Penergetic® Kompost and Pflanzen (250 g ha-1 ) and EM • 1® (1: 250) 250 L ha-1 of syrup. Monsoy 98Y21 IPRO soy was planted, with fertilization and crop treatments carried out in accordance with technical recommendations for the crop. The variables analyzed were: chlorophyll index; number of nodules; plant height; leaf potassium content; number of pods per plant; number of grains per pod; productivity; microbial respiration; carbon from microbial biomass; metabolic quotient and electrical conductivity. The morphophysiological, nutritional and productivity components of soy did not show significant results for potassium doses, for the bioactive sources of soil, as well as for the interaction between both. The other variables, microbiological and electrical conductivity, proved to be significant for the interaction of factors, where the bioactive MS associated with a higher dose (120 kg ha-1 ) of potassium chloride showed negative interference in the microbial biomass of the soil, better performance was found when the dose was 60 kg ha-1 . Therefore, the EM bioactivator has shown promise for soil microbiota associated with maintenance-only potassium dose.
Palavras-chave: Glycine max; Potássio; Ativadores; Microrganismos eficientes; Rendimento de grãos; Biomassa microbiana
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Produção Vegetal
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Produção Vegetal (PPGPV)
Citação: FARIA, Layanara Oliveira. Adubação potássica e bioativadores sobre microbiota do solo e produtividade da soja. 2020. 34 f. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Unidade Ipameri, Universidade Estadual de Goiás, Ipameri-GO.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/1047
Data de defesa: 6-Nov-2020
Appears in Collections:Mestrado em Produção Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO FINAL LAYANARA.pdf799,71 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.