???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/170
Tipo do documento: Dissertação
Título: Fontes e doses de boro na nutrição, produção e qualidade de sementes de feijão-comum em consorcio com mamona
Autor: Lima, Mateus de Leles 
Primeiro orientador: Teixeira, Itamar Rosa
Primeiro membro da banca: Nabout, João Carlos
Segundo membro da banca: Ximenes, Paulo Alcanfor
Resumo: O consorciamento de culturas é de uso comum no Brasil, especialmente na pequena propriedade rural. Contudo, a vantagem efetiva dessa técnica em relação ao monocultivo se torna mais evidente quando as culturas participantes do sistema apresentarem diferenças entre as suas exigências quanto aos recursos disponíveis, seja em qualidade e/ou quantidade. As produtividades satisfatórias das culturas envolvidas somente serão conseguidas com conhecimentos das reais exigências nutricionais das plantas no sistema consorciado. Diante disso, objetivou-se neste trabalho avaliar a nutrição, características agronômicas e a qualidade fisiológica das sementes das culturas de feijão-comum + mamona sob consórcio, submetidas a duas fontes e cinco doses de boro nas condições edafoclimáticas do cerrado goiano. Empregou-se o delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 2 x 5 + 2, com três repetições. Os tratamentos foram compostos de duas fontes de boro (boráx = 11% B e ácido bórico = 17% B), combinadas com cinco doses de boro (0,0; 0,5; 1,0; 2,0 e 4,0 kg ha-1 de B no solo) em consórcio de feijão-comum com mamona, mais os tratamentos adicionais do monocultivo de mamona e de feijão. Conclui-se que: a) Em geral, os teores foliares de enxofre, nitrogênio, cálcio, magnésio e ferro nas plantas de feijão-comum e de mamona sob consórcio, foram influenciados pelas fontes e doses de boro; b) O rendimento de feijão-comum cultivado sob consórcio com mamona, foi influenciado pela adubação boratada. Em contrapartida, o maior rendimento da mamona consorciada com feijão-comum, 2.040 kg ha-1 de grãos, foi obtido com a dosagem de 1,9 kg ha-1 de boro, independente da fonte usada; c) O sistema de consorciamento feijão-comum + mamona foi mais eficiente que o monocultivo, conforme os valores médios de UET – 1,88 para as diferentes doses de boro adicionadas via fertilizante; d) A qualidade de sementes de feijão-comum produzida sob consórcio com mamona foi influenciada positivamente pelas doses de boro; e) As fontes e doses de boro influenciaram a qualidade de sementes de mamona, produzidas em consórcio e monocultivo.
Abstract: The intercropping of crops is commonly used in Brazil, especially in small farms. However, the actual advantage of this technique compared to the monoculture becomes more evident when the differences between cultures involved present their demands on the resource, both in quality or quantity. It is added that yields satisfactory crops involved will only be achieved with knowledge of the actual nutrient requirements of crops intercropping system participants. Therefore, this study aimed to assess the nutrition, agronomic characteristics and seed physiological quality of common bean crops in castor more consortium, subject to different sources of boron doses at conditions of the goiano open pasture. We used the randomized block design, factorial scheme 2 x 5 + 2, with three replications. The treatments consisted of two sources of boron (B = 11% borax and boric acid B = 17%) combined with five doses of boron (0.0, 0.5, 1.0, 2.0 and 4.0 kg ha-1 of soil B) in a consortium of common bean more castor oil, plus additional treatment of monoculture and castor beans. We conclude that: a) In general, foliar concentrations of sulfur, nitrogen, calcium, magnesium and iron in common bean plants in castor more consortium, were influenced by the sources and doses of boron b) The yield of beans grown in consortium with common castor beans, was influenced by fertilizer borate. In contrast, the highest yield of castor intercropped with common bean, 2,040 kg ha-1 grain was obtained at a dosage of 1.9 kg ha-1 of boron, regardless of the font used, c) The system of intercropping beans commonplace castor was more effective than the monoculture, as the values of UET - 1.88 d) The quality of common bean seeds produced in consortium with castor oil was positively influenced by the levels of boron. In contrast, the sources and doses of boron did influence the quality of castor seeds produced in monoculture and consortium.
Palavras-chave: Ricinus communis L.
Phaseolus vulgaris L
consórcio de culturas
Nutrição
Micronutriente
Adubação boratada
Ricinus communis L.
Phaseolus vulgaris L
Intercropping of crops
Nutrition
Micronutrien
Fertilizer borate
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
SILVICULTURA::SEMENTES FLORESTAIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Estadual de Goiás
Sigla da instituição: UEG
Departamento: UEG ::Coordenação de Mestrado em Engenharia Agrícola
Programa: Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Engenharia Agrícola
Citação: LIMA, Mateus de Leles. Fontes e doses de boro na nutrição, produção e qualidade de sementes de feijão-comum em consorcio com mamona. 2011. 61 f. Dissertação ( Mestrado em Engenharia Agrícola) - Câmpus Central - Sede: Anápolis – CET, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/171
Data de defesa: 1-Aug-2011
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola
Mestrado em Engenharia Agrícola

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAA‡AƒO_MATEUS.pdf492,16 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.