???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.bdtd.ueg.br/handle/tede/149
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAlmeida, Luciano Alves de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0035265855477414por
dc.contributor.advisor1Porto, Marcelo Duarte-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0952917016124917por
dc.contributor.referee1Porto, Marcelo Duarte-
dc.contributor.referee2Suanno, João Henrique-
dc.contributor.referee3Medeiros, Wilton de Araújo-
dc.contributor.referee4Teixeira, Zenaide Dias-
dc.date.accessioned2019-10-02T12:29:55Z-
dc.date.issued2019-07-16-
dc.identifier.citationAlmeida.L.A. Abordagem histórico cultural: resistências e possibilidades de sua aplicação na educação básica. 2019. 125f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC)) - Câmpus Anápolis de Ciências Exatas e tecnológicas - Henrique Santillo, Universidade Estadual de Goiás, Anápolis, 2019.por
dc.identifier.urihttp://www.bdtd.ueg.br/tede/handle/tede/149-
dc.description.resumoA pesquisa buscou levantar as resistências a aplicação da abordagem histórico cultural em sala de aula, assim como verificar as suas possibilidades no trabalho pedagógico através da aplicação do produto educacional oficina pedagógica realizado nas escolas pesquisadas. Como hipótese de resistência a ela foram apontados, a prevalência do ensino tradicional nas escolas, a formação docente com a dicotomia teoria e prática, e o próprio papel atual da escola. Utilizou-se de revisão bibliográfica com leitura de artigos e textos clássicos citados na bibliografia de cada artigo, também da aplicação de duas seções de grupo focal em duas escolas da rede municipal de Anápolis com a participação de 16 professores de tais escolas. Os resultados dos grupos focais indicaram: Que existe ainda uma presença forte do ensino tradicional nos trabalhos pedagógicos dos participantes e das próprias escolas, que há necessidade de aprofundamento teórico levando em consideração a questão da prática na graduação e formação continuada, que a escola tem se ocupado de papéis que não fazem parte do trabalho docente, que os professores reclamam de alternativas práticas para seu trabalho em sala de aula. Esses fatores juntos servem como resistência a novas formas de ensino, incluindo a abordagem histórico cultural. A proposta desse trabalho como produto educacional foi a realização de duas oficinas pedagógica uma em cada escola, baseadas na abordagem histórico cultural e aplicação de seus principais conceitos na sala de aula, levou-se em consideração o uso do lúdico na construção da zona de desenvolvimento proximal, enfatizou-se a importância da mediação docente e discente e criou-se metodologias para a interação social entre alunos. Foram montados para elas brinquedos e jogos que inseriram os conceitos históricos culturais. Essa pesquisa foi dividida em três artigos, o primeiro abordou a formação de teoria histórico cultural no período da pós revolução russa de 1917 e a construção do novo homem, assim como a influência da mediação pedagógica, da neurociência, da educação inclusiva e da educação cubana no processo ensino aprendizagem. O segundo artigo discutiu as possíveis resistências a teoria histórico cultural bem como o aparecimento de novos paradigmas na educação. O terceiro artigo descreveu o processo de aplicação dos grupos focais em duas escolas da educação básica de Anápolis, e discutiu os seus resultados. Como apêndice principal foi descrito a aplicação das oficinas pedagógicas e os seus resultados para os participantes.por
dc.description.abstractThe research sought to raise resistance to the application of the historical cultural approach in the classroom, as well as verify their possibilities in the pedagogical work through the application of the educational product pedagogical workshop held in the schools surveyed. As a hypothesis of resistance to it were pointed out, the prevalence of traditional teaching in schools, teacher training with the dichotomy theory and practice, and the actual role of the school. It was used a bibliographical review with reading of articles and classic texts cited in the bibliography of each article, also the application of two focal group sections in two schools of the municipal network of Anápolis with the participation of 16 teachers from such schools. The results of the focus groups indicated that there is still a strong presence of traditional teaching in the pedagogical work of the participants and of the schools themselves, that there is a need for theoretical deepening taking into consideration the issue of practice in undergraduate and continuing education, that the school has occupied by roles that are not part of the teaching work, that teachers complain about practical alternatives to their work in the classroom. These factors together serve as resistance to new forms of teaching, including the historical cultural approach. The proposal of this work as an educational product was the realization of two pedagogical workshops one in each school, based on the historical cultural approach and application of its main concepts in the classroom, it was taken into account the use of the ludic in the construction of the zone of development proximal, the importance of teacher and student mediation was emphasized and methodologies were created for the social interaction among students. They were assembled for them toys and games that inserted the historical cultural concepts. This research was divided into three articles, the first addressed the formation of cultural historical theory in the period of the Russian post-revolution of 1917 and the construction of the new man, as well as the influence of pedagogical mediation, neuroscience, inclusive education and Cuban education in the learning teaching process. The second article discussed possible resistances to cultural historical theory as well as the emergence of new paradigms in education. The third paper described the process of applying focus groups in two elementary schools in Annapolis, and discussed their results. The main appendix describes the application of the pedagogical workshops and their results to the participants.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Sandra Barbosa (sandrabarbosa632@gmail.com) on 2019-10-02T12:29:55Z No. of bitstreams: 2 license.txt: 2134 bytes, checksum: 4709595c927233fc684151cf6f2010cf (MD5) Dissertação Luciano Alves de Almeida.pdf: 22034236 bytes, checksum: 81940b8f105c2901e9bb92e4acc77c89 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-10-02T12:29:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 2134 bytes, checksum: 4709595c927233fc684151cf6f2010cf (MD5) Dissertação Luciano Alves de Almeida.pdf: 22034236 bytes, checksum: 81940b8f105c2901e9bb92e4acc77c89 (MD5) Previous issue date: 2019-07-16eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Estadual de Goiáspor
dc.publisher.departmentUEG ::Coordenação de Mestrado Profissional em Ensino de Ciênciaspor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUEGpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação Stricto sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências (PPEC)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAbordagem histórico culturalpor
dc.subjectResistênciaspor
dc.subjectPossibilidadespor
dc.subjectCultural historical approacheng
dc.subjectresistanceseng
dc.subjectPossibilitieseng
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleAbordagem histórico cultural: resistências e possibilidades de sua aplicação na educação básicapor
dc.title.alternativeHistorical cultural approach: resistances and possibilities of its application in basic educationeng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Luciano Alves de Almeida.pdf21,52 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.